quinta-feira, 15 de janeiro de 2015

JUSTO EU, TÃO PUDICA!?

Mês atrás, Marcha da Cidadania de Travestis e Transexuais em SP capital, rostolivro recebe denúncia de nudez afrontosa na foto abaixo, avalia a denúncia e a julga improcedente: não havia nudez ali (desgracildos, ai que raiva!) -- peitinho de hormônio não conta, apesar de todo o rebuliço que gerou nas redes sociais. Hoje, no entanto, pela primeira vez um post da Amara da Depressão foi denunciado por nudez afrontosa e, pasmem!, agora o livrorrosto julgou que procedia a denúncia e, resultado, post removido e altos transtornos pra eu conseguir acessar meu perfil. Mas vcs me conhecem, né, sabem que não vai ficar assim. Se tem uma coisa pra que a censura, essa mais toscona, serve é pra atiçar a busca por novos ardis, novas ardilosidades, novas formas afrontosas de se encaixar direitinho nas normativas dessa bucilda de saite. Aguarde, gente, vou reformular o conto tintim por tintim e a partir dagora a coisa vai começar a ficar cada vez mais escrachuda: enqto reinar esse tabu em relação ao sexo, pagarão todas nós que vivemos de sexo. Desestigmar nossos corpos, o trabalho que nos acolhe de braços e pernas abertos, o lugar a que nos relegam, são esses os primeiros passos para fazer com que tenhamos o pleno direito de existir nessa sociedade de mrrrda!




Nenhum comentário:

Postar um comentário